quinta-feira, 25 de abril de 2013

PREFEITURA DE SALVADOR LANÇA CAMPANHA “DÊ FUTURO, NÃO DÊ ESMOLA”



A partir desta segunda feira (22/04) a Prefeitura Municipal do Salvador e as instituições religiosas e de Assistência Social de Salvador estão unidas num mesmo propósito: garantir vida digna às pessoas em situação de vulnerabilidade Social que vivem nas ruas da cidade, que não têm emprego fixo e – muito delas – que estão envolvidas com drogas. Hoje, através da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (SEMPS) a Prefeitura Municipal lançou, oficialmente, a campanha “Dê futuro, não dê esmola”, em evento realizado na Paróquia Nossa Senhora da Luz, na Pituba.

O lançamento da campanha foi feito pelo prefeito ACM Neto em companhia do secretário Maurício Trindade, gestor da SEMPS e do pároco da Pituba, Frei Rogério Soares. Participaram da solenidade os vereadores Joceval Rodrigues, Cláudio Tinoco e Orlando Palhinha, e representantes do Movimento de População de Rua, além da população do bairro e beneficiados com os programas sociais mantidos por Frei Rogério.

Na ocasião, o prefeito destacou o trabalho já realizado por Frei Rogério, através do Projeto Empreender Nossa Senhora da Luz, que já contabilizou bons resultados. A população que morava, cozinhava e lavava na Praça Nossa Senhora da Luz, após a implantação do projeto já está empregada, vive em moradias próprias conseguidas pelo “Minha Casa, Minha Vida”, ou em casas de aluguel, pago  pela paróquia.


A ação municipal, inspirada no projeto criado por Frei Rogério e equipe prevê o encaminhamento dos moradores em situação de rua de Salvador para os programas assistenciais do município e contará com o apoio de diversas instituições religiosas. Outro ponto é incentivar a população para que não dê esmola diretamente a essas pessoas, mas contribua e colabore com as ações do Município e das instituições religiosas e sociais que visam tirar esse indivíduo das ruas.

A partir de agora, o atendimento prioriza  construir uma nova estrutura de vida para quem necessita. Para isso, os beneficiados pelo Projeto “Dê futuro não dê esmola”  serão acompanhados por assistentes sociais e psicólogos, e tão logo se encontrem em condições, encaminhados para cursos de capacitação e para o trabalho. De acordo com o prefeito ACM , “ a população de rua tem pressa de ser atendida e nós também. Por isso, destaco que esta não é uma campanha da Prefeitura, por meio da Secretaria de Promoção Social, pois não temos condições de resolver o problema em toda a cidade. É, sim uma campanha de toda a sociedade. Contamos com o apoio das Igrejas, seguindo este magnífico exemplo de Frei Rogério, pois elas têm capilaridade, prestam apoio espiritual e, além disso, desenvolvem ações sociais”, declarou.

Segundo Maurício Trindade a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza deverá empreender esforços para conseguir tirar um numero cada vez maior de cidadãos das ruas e lhes oferecer vida mais digna, com direito a moradia, a alimentação e emprego. “ Para que essa ação tenha continuidade e sucesso, no entanto, é preciso que a população  colabore, e que busquemos mais parcerias para que possamos alcançar toda a cidade. Por isso, também conto com os empresários que se dispõem a contratar essa mão de obra, das instituições religiosas, que se colocam como parceiros para realizar as ações e dos moradores de rua que se dispõem e se esforçam para mudar. Juntos, alcançaremos nosso objetivo, tenho certeza absoluta”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário